Loading...

MENSAGEM

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Não vou desistir sem lutar



Eu sou mais do que eles pedem
Mais do que geração de etiquetas cheias de remorso
Eu não vou me acomodar
Eu não posso me acomodar
Eu quero quebrar o molde
Quero quebrar o estereótipo
Com o punho no ar
Não vou desistir sem lutar
É a minha vida, e eu não vou me sentar
nas margens observando
ela passar
Vou deixar meu legado
Vou fazer minha marca.


Katy Perry Fingerprints

terça-feira, 4 de maio de 2010

O desprestigio do amor.


"O desprestigio do amor talvez venha da pressa de viver, da urgencia dos dias, da necessidade de "aproveitarmos" cada instante: eh como se o amor fosse um impedimento para o prazer. Francamente, o que se aproveita, de fato, quando nao se sente coisa alguma? A resposta eh: coisa alguma. Do que se conclui que o amor nunca sera cafona, pois nada eh mais revolucionario e poderoso do que o que a gente sente. Nada. Nem mesmo o que a gente pensa."


(Martha Medeiros).

segunda-feira, 3 de maio de 2010

um presente pra você.


"Se eu pudesse deixar algum presente a você,
deixaria aceso o sentimento de amor à vida dos seres humanos.
A consciência de aprender tudo o que nos foi ensinado pelo tempo afora.
Lembraria os erros que foram cometidos, como sinais
para que não mais se repetissem.
A capacidade de escolher novos rumos.
Deixaria para você, se pudesse, o respeito aquilo que é indispensável:
alem do pão, o trabalho e a ação.
E, quando tudo mais faltasse, para você eu deixaria, se pudesse, um segredo.
O de buscar no interior de si mesmo a resposta para encontrar a saída."

Mahatma Ghandi

domingo, 2 de maio de 2010

DECIDI.


Decidi quebrar alguns conceitos que nem eram tão meus...


Decidi não esperar um abraço abraçar primeiro...Não esperar um carinho ser mais carinhosa,me desarmar dos medos geralmente são tolos ou no máximo bobinhos...


Decidi Usar as roupas que gosto mesmo que não estejam na moda...Elas são minhas e vestem,de certo modo, minha alma por que a faz sorrir.


Decidi amar sem medo...se tiver que sofrer terá valido apena,dizem que um segundo de amor pode valer a dor da eternidade de uma saudade.Não custa experimentar...


Mas o que decidi pra valer é viver o hoje, o agora.Olhar o sol, a lua,sentir o cheiro da chuva quando derrama as primeiras gotas na terra seca... Bater palmas pra natureza...Decidi revirar minhas gavetas,as da alma.


Decidi que ninguém é mais importante do que eu, porque só pode amar alguém aquele que se ama.e a partir de agora,posso me dedicar a amar você.


(Sirlei L. Passolongo)

sábado, 1 de maio de 2010

antes que o relógio marque meia noite.


Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia noite. É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje. Posso reclamar porque está chovendo ou agradecer às águas por lavarem a poluição. Posso ficar triste por não ter dinheiro ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício. Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo. Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria ou posso ser grato por ter nascido. Posso reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho. Posso sentir tédio com o trabalho doméstico ou agradecer a Deus. Posso lamentar decepções com amigos ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades. Se as coisas não saíram como planejei posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar. O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma. Tudo depende só de mim.


Charles Chaplin.