Loading...

MENSAGEM

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

RESOLUÇÕES QUE SERVEM PARA 2009.


#1.Não assuma compromissos do tipo “vou iniciar uma dieta”, “vou começar alguma atividade física”, “vou terminar o curso de inglês”. Esse tipo de coisa serve apenas para acumular culpa e frustração sobre os seus ombros. Simplesmente comece a fazer o que deve ser feito.


#2.Não acredite nesse pessoal que diz que “sem meta você não vai a lugar nenhum”. Pergunte a eles por quê, afinal de contas, você tem que ir a algum lugar. Trate esses “lugares futuros imaginários” apenas como referência para a maneira como você vive hoje – faça valer a caminhada. Se você chegar lá, chegou; se não chegar, não terá do que se arrepender. A felicidade não é um lugar aonde se chega, mas um jeito como se vai.


#3.Não pense que você vai conseguir dar uma guinada na vida apenas mudando o seu visual. É a alegria do coração que dá beleza ao rosto, e não a beleza do rosto que dá alegria ao coração.


#4.Não faça nada que vá levar você para longe das suas amizades verdadeiras. Amizades levam um tempão para se consolidar e um tempinho para esfriar, pois assim como a proximidade gera intimidade, a distância fragiliza os vínculos.


#5.Não fique arrumando desculpas nem explicações para as suas transgressões. Quando cometer um pecado, assuma, e simplesmente diga “fiz sim, me perdoe”. Comece falando com Deus e não pare de falar até que tenha encontrado a última pessoa afetada pelo que você fez.


#6.Não faça nada que cause danos à sua consciência. Ouça todo mundo em que você confia, tome as suas decisões e assuma as responsabilidades. Não se importe em contrariar pessoas que você ama, pois as que também amam você detestariam que você fosse falso com elas ou se anulasse por causa delas.


#7.Não guarde dinheiro sem saber exatamente para que o está guardando. Dinheiro parado apodrece e faz a gente dormir mal. Transforme suas riquezas em benefícios para o maior número de pessoas. É melhor perder o dinheiro que ocupa seu coração, do que o coração que se ocupa do dinheiro.


#8.Não deixe de se olhar no espelho antes de dormir. Caso não goste do que vê, não hesite em perder a noite de sono para planejar o que vai fazer na manhã seguinte. Ao se olhar no espelho ao amanhecer, lembre que com o sol chega também a misericórdia de Deus: a oportunidade de começar tudo de novo.


#9.Não carregue mágoas, ressentimentos e amarguras. Leve pessoas. Sendo necessário, perdoe ou peça perdão. Geralmente as duas coisas serão necessárias, pois ninguém está sempre e totalmente certo. Respeite as pessoas que não quiserem fazer a mesma viagem com você.


#10.Não deixe de se perguntar se existe um jeito diferente de viver. Não acredite facilmente que o jeito diferente de viver é necessariamente melhor do que o jeito como você está vivendo. Concentre mais energia em aprender a desfrutar o que tem do que em desejar o que não tem.


#11.Não deixe o trabalho e a religião atrapalharem sua vida. Cante sozinho. Leia poesias em voz alta. Participe de rodas de piada. Não tenha pressa de deixar a mesa após as refeições. Pegue crianças no colo. Ande sem relógio. Fuja dos beatos.


#12.Não enterre seus talentos, nem que seu único tempo para usá-los seja da meia noite às seis. Ninguém deve passar a vida fazendo o que não gosta, se o preço é deixar de fazer o que sabe. Útil não é quem faz o que os outros acham importante que seja feito, mas quem cumpre sua vocação.


#13.Não crie caso com a mulher ou com o marido. Nem com o pai nem com a mãe. Nem com o irmão nem com a irmã. Caso eles criem com você, faça amor, não faça guerra. O resto se resolve.


#14.Não jogue fora a utopia. Ninguém consegue viver sem acreditar que outro mundo é possível. Faça o possível e o impossível para que esse outro mundo possível se torne realidade.


#15.Não deixe a monotonia tomar conta do seu pedaço. Ninguém consegue viver sem adrenalina. Preste bastante atenção naquilo que faz você levantar da cama na segunda-feira: se for bom apenas para você, jogue fora ou livre-se disso agora mesmo. Caso não queira levantar da cama na segunda-feira, grite por socorro.


#16.Não deixe de dar bom dia para Deus. Nem boa noite. Mesmo quando o dia não tiver sido bom. Com o tempo você vai descobrir que quem anda com Deus não tem dias ruins, apenas dias difíceis.


#17.Não negligencie o quarto secreto onde você se encontra com seu eu verdadeiro e com Deus, ou vice-versa. Aquele quarto é o centro do mundo – o mundo todo cabe lá dentro, pois na presença de Deus tudo está e tudo é.


#18.Não perca Jesus de vista. Não tente fazer trilhas novas, siga nos passos do Mestre. O caminho nem sempre será tão confortável e a vista tão agradável, mas os companheiros de viagem são inigualáveis.


#19.Não caia na minha conversa. Aliás, não caia na conversa de ninguém. Faça sua própria lista. Escolha bem seus mestres e suas referências. Examine tudo. Ouça seu coração – geralmente é ali que Deus fala. Misture tudo e leve ao forno.


#20.Não fique esperando que sua lista saia do papel. Coloque o pé na estrada. Caso não saiba por onde começar, não tem problema. O sábio disse ao caminhante: “Não há caminho; faz-se o caminho ao andar”.



Ed René Kivitz é escritor conferencista e pastor da Igreja Batista.

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

LUTE COM AS ARMAS DA BONDADE.


Mas há algo que eu tenho que dizer ao meu povo que se dirige ao portal que conduz ao palácio da justiça. No processo de conquistar nosso legítimo direito, nós não devemos ser culpados de ações de injustiças. Não vamos satisfazer nossa sede de liberdade bebendo da xícara da amargura e do ódio. Nós sempre temos que conduzir nossa luta num alto nível de dignidade e disciplina. Nós não devemos permitir que nosso criativo protesto se degenere em violência física. Novamente e novamente nós temos que subir às majestosas alturas da reunião da força física com a força de alma. Nossa nova e maravilhosa combatividade mostrou à comunidade negra que não devemos ter uma desconfiança para com todas as pessoas brancas, para muitos de nossos irmãos brancos, como comprovamos pela presença deles aqui hoje, vieram entender que o destino deles é amarrado ao nosso destino. Eles vieram perceber que a liberdade deles é ligada indissoluvelmente a nossa liberdade. Nós não podemos caminhar só.


parte do discuro de Martin Luther King (eu tenho um sonho)

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

VOCÊ PODE FAZER A DIFERENÇA.



Tenho o direito de ter raiva, de manifestá-la, de tê-la como motivação para minha
briga tal qual tenho o direito de amar, de expressar meu amor ao mundo, de tê-lo como
motivação de minha briga porque, histórico, vivo a Historia como tempo de
possibilidade e não de determinação. Se a realidade fosse assim porque estivesse dito
que assim teria de ser não haveria sequer por que ter raiva. Meu direito à raiva
pressupõe que, na experiência histórica da qual participo, o amanhã não é algo prédatado,
mas um desafio, um problema. A minha raiva, minha justa ira, se funda na
minha revolta em face da negação do direito de “ser mais” inscrito na natureza dos seres
humanos. Não posso, por isso, cruzar os braços fatalistamente diante da miséria,
esvaziando, desta maneira, minha responsabilidade no discurso cínico e “morno”, que
fala da impossibilidade de mudar porque a realidade é mesmo assim. O discurso da
acomodação ou de sua defesa, o discurso da exaltação do silêncio imposto de que
resulta a imobilidade dos silenciados, o discurso do elogio da adaptação tomada como
fado ou sina é um discurso negador da humanização de cuja responsabilidade não
podemos nos eximir.


extraído do livro ''pedagogia da autonomia'' de autoria do educador paulo freire.

sábado, 27 de dezembro de 2008

O AMOR É MAIOR.


Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.


E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.


E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.


O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.


O amor Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;


O amor Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;


O amor Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.


O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;


Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.


BIBLIA SAGRADA(1 Coríntios 13)

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Planeta Àgua


Planeta Água
Guilherme Arantes



Água que nasce na fonte

Serena do mundo

E que abre umProfundo grotão

Água que faz inocente

Riacho e deságua

Na corrente do ribeirão...


Águas escuras dos rios

Que levam

A fertilidade ao sertão

Águas que banham aldeias

E matam a sede da população...


Águas que caem das pedras

No véu das cascatas

Ronco de trovão

E depois dormem tranqüilas

No leito dos lagosNo leito dos lagos...


Água dos igarapés

Onde Iara, a mãe d'água

É misteriosa canção

Água que o sol evapora

Pro céu vai embora

Virar nuvens de algodão...


Gotas de água da chuva

Alegre arco-íris

Sobre a plantação

Gotas de água da chuva

Tão tristes, são lágrimas

Na inundação...


Águas que movem moinhos

São as mesmas águas

Que encharcam o chão

E sempre voltam humildes

Pro fundo da terra

Pro fundo da terra...


Terra! Planeta Água

Terra! Planeta Água

Terra! Planeta Água...

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

IMAGINE.


Imagine que não há paraíso É fácil se você tentar

Nenhum inferno abaixo de nós,Sobre nós apenas o firmamento

Imagine todas as pessoas vivendo para o hoje


Imagine que não há países

Não é difícil de fazer

Nada porque matar ou morrer

E nenhuma religião também.

Imagine todas as pessoas vivendo a vida em paz


Imagine nenhuma propriedade

Eu me pergunto se você consegue

Nenhuma necessidade de ganância ou fome

Uma irmandade de homens

Imagine todas as pessoasCompartilhando o mundo todo


Você pode dizer que sou um sonhador

Mas eu não sou o único

Eu espero que algum dia você junte-se a nós

E o mundo viverá como um só


(John Lennon )



OBS:NÃO CONSIGO IMAGINAR TUDO QUE LENNON IMAGINOU MAS CONSIGO COMPARTILHAR ALGUMAS DE SUAS IDÉIAS NA LETRA DESTA CANÇÃO.

CARTAS DE AMOR.


CARTAS DE AMOR SÃO ESCRITAS NÃO PARA DAR NOTÍCIAS,
NÃO PARA NÃO CONTAR NADA,
MAS PARA QUE MÃOS SEPARADAS SE TOQUEM A MESMA FOLHA DE PAPEL.


RETIRADO DO LIVRETO ''AMOR'' DE RUBEM ALVES.


quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

SOBRE DEUS.


Não sei explicar as razões da minha fé. Não sei dizer os porquês da minha devoção. Sinto-me inadequado em convencer os indiferentes a desejaram a pitada do sal que tempera o meu viver.



Tudo o que sei sobre o divino é provisório. Minha convicções vacilam. Todas as certezas são, decididamente, vagas. Sei tão somente que Ele se tornou a minha meta, o meu norte, a minha nostalgia, o meu horizonte, o meu atracadouro.



Apostei o futuro em seguir os seus passos invisíveis. No dia em que o chamei de Senhor, a extensão do meu meridiano se alongou, os retalhos do meu mapa se encaixaram, caíram os tapumes da minha avenida e o ponteiro da minha bússola se imantou.



RICARDO GONDIM PASTOR DA IGREJA BETESDA.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

NÃO SE PODE................


NÃO SE PODE COMER POR OBRIGAÇÃO.


NÃO SE PODE FAZER AMOR POR OBRIGAÇÃO.


NÃO SE PODE LER POR OBRIGAÇÃO.



EXTRAÍDO DO LIVRETO ''AMOR'' DE RUBEM ALVES.

RIFA-SE UM CORAÇÃO.


Rifa-se um coração quase novo.Um coração idealista.Um coração como poucos.Um coração à moda antiga.Um coração moleque que insiste em pregar peças no seu usuário.


Rifa-se um coração que na realidade está um pouco usado,meio calejado, muito machucado e que teima em alimentar sonhos,e cultivar ilusões.Um pouco inconseqüente que nunca desiste de acreditar nas pessoas.


Rifa-se um coração que nunca aprende.Que não endurece,e mantém sempre viva a esperança de ser feliz,sendo simples e natural.Um coração insensato que comanda o racional sendo louco o suficiente para se apaixonar.Um furioso suicida que vive procurando relações e emoções verdadeiras.


Rifa-se um coração que insiste em cometer sempre os mesmos erros.Esse coração que erra, briga, se expõe.Perde o juízo por completo em nome de causas e paixões.Sai do sério e, às vezes revê suas posições arrependido de palavras e gestos.Este coração tantas vezes incompreendido.Tantas vezes provocado. Tantas vezes impulsivo.


parte do poema RIFA-SE UM CORAÇÃO de Clarice Lispector.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

VIVER.


VIVER É MUITO PERIGOSO,DIGO,MARAVILHOSO.


VIVER É MESMO MUITO CANSATIVO,DIGO,CRIATIVO.


VIVER É MESMO MUITO INJUSTO,DIGO,GRATIFICANTE.



RETIRADO DO TEXTO ANGÚSTIAS DA ALMA DO PASTOR ED RENÉ KIVITZ.

NÃO ESCREVO SÓ.


EU

SEMEADOR DE PALAVRAS

EU

REPRISE DE FILMES PRETO E BRANCO

EU

TENTANDO SER SENHOR

QUANDO SOU APENAS SERVO

ESCREVO PALAVRAS

QUE NÃO ME PERTENCEM

TRADUZO APENAS O INFINITO

BUSCO

DENTRO DO MEU EU

O ''O CRIADOR''

O SENHOR DE TUDO

DONO DAS PALAVRAS QUE AS VEZES FURTO

SABENDO QUE SOU APENAS OBJETO

TRANSMITINDO UM SABER DESCONHECIDO

TENTO EVITAR A VERDADE

DE QUE

NÃO SOU EU O GÊNIO

NÃO SOU EU O POETA

É ELE

DESDE O PRÍNCIPIO

DEUS!


POEMA DE ANDRÉ ROMÃO POLVEIRO.

domingo, 21 de dezembro de 2008

DESPERDÍCIO DA VIDA.


"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.


(Carlos Drummond de Andrade)

A Oração ao Deus Desconhecido


A Oração ao Deus Desconhecido


Antes de prosseguir em meu caminho e lançar o meu olhar para frente uma vez mais, elevo, só, minhas mãos a Ti na direção de quem eu fujo. A Ti, das profundezas de meu coração, tenho dedicado altares festivos para que, em Cada momento, Tua voz me pudesse chamar.


Sobre esses altares estão gravadas em fogo estas palavras:

"Ao Deus desconhecido”.

Seu, sou eu, embora até o presente tenha me associado aos sacrílegos.

Seu, sou eu, não obstante os laços que me puxam para o abismo.

Mesmo querendo fugir, sinto-me forçado a servi-lo.

Eu quero Te conhecer, desconhecido.


Tu, que me penetras a alma e, qual turbilhão, invades a minha vida. Tu, o incompreensível, mas meu semelhante, quero Te conhecer, quero servir só a Ti.


Friedrich Nietzsche.

VIVER E CRER.


VIVER É MUITO PERIGOSO.


AMAR É MUITO PRECIOSO.


CRESCER É MUITO DOLOROSO.


AMADURECER É MUITO CUSTOSO.


CRER É COISA DE TEIMOSO.



ED RENÉ KIVITZ É PASTOR DA IGREJA BATISTA ÁGUA BRANCA.

sábado, 20 de dezembro de 2008

CONVERSÃO A JESUS DE NAZARÉ.


O QUE É CONVERSÃO?

CONVERSÃO é não ter absolutamente nenhum outro ponto de vista que não venha do Evangelho. CONVERSÃO é não ter nenhum outro ponto de partida que não parta do Evangelho. CONVERSÃO é não ter nenhum outro chão para caminhar que não seja o do Evangelho. CONVERSÃO é não almejar nenhum outro ponto de chegada que não seja o do Evangelho. OU SEJA! CONVERSÃO é estar impregnada do Evangelho, dando razão a Deus todo dia, em um processo que pode ter começado um dia, mas que só terminará no Dia em que transformados de glória em glória nós nos tornarmos conforme a semelhança de Jesus. CONVERSÃO é renovar a mente todo dia. CONVERSÃO é discernir este século e não nos conformarmos com ele. CONVERSÃO é ver o mundo no mundo, e ver “mundo” também no que se chama de “igreja”. CONVERSÃO é chamar de mundo não necessariamente o ambiente fora das paredes eclesiásticas, e nem tampouco chamar de “Igreja” o ambiente dentro das paredes eclesiásticas. CONVERSÃO é saber que mundo é um espírito, um pensamento, ou uma atitude que pode estar em qualquer lugar, e está freqüentemente nos concílios de um modo muito mais sofisticado do que está nos congressos políticos explicitamente definidores de política no mundo. CONVERSÃO é manter a mente num estado de arrependimento constante, de metanóia, de mudança de mente, que por vezes acontece com dor e outras vezes só pela consciência que vai abraçando o entendimento e vai dando razão a Deus, e vai dando razão a Deus, e vai dando razão a Deus, e vai dizendo Deus tem razão. Sim! Conversão é crer que a Palavra tem razão sempre; e se ela tem razão eu quero conformar a minha vida conforme a verdade do Evangelho. Caio Fábio

(Editado por Carlos Bregantim, retirado da entrevista concedida à ECOTEV em Fevereiro à de 2007 em São Paulo).


TEXTO DE CAIO FÁBIO.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

SERVIR.


Para servir é necessário sair da zona de conforto, isto é, fazer o indesejado, dedicar tempo para tarefas pouco atraentes, assumir responsabilidades desprezadas pela maioria, fazer “o trabalho sujo”, enfim fazer o que ninguém gosta de fazer. Para servir é necessário vencer o orgulho, isto é, se dispor a ser tratado como escravo, ter os direitos negligenciados, ser desprestigiado, sofrer injustiças, conviver com quase nenhum reconhecimento, enfim, não se deixar diminuir pela maneira como as pessoas tratam os que consideram em posição inferior. Para servir é necessário abrir mão dos próprios interesses, isto é, pensar no outro em primeiro lugar, ocupar-se mais em dar do que em receber, calar primeiro, perdoar sempre, sempre pedir perdão, enfim, fazer o possível para que os outros sejam beneficiados ainda que ás custas de prejuízos e danos pessoais.

Servir é mesmo privilégio de poucos. De minha parte, preferiria ser servido. Mas aí teria de abrir de mão do reino de Deus. Teria de abrir mão de desfrutar do melhor de mim mesmo. Teria de abrir mão de você. Definitivamente, me custaria muito caro. Nesse caso, continuo na escola.

artigo do pastor ed rené kivitz da igreja batista.

obs:para ver o artigo completo e só clicar no link:http://www.ibab.com.br/artigo-004.html

GOSTO DE SER GENTE.



Gosto de ser homem, de ser gente, porque não está dado como certo, inequívoco, irrevogável que sou ou serei decente, que testemunharei sempre gestos puros, que sou e que serei justo, que respeitarei os outros, que não mentirei escondendo o seu valor porque a inveja de sua presença no mundo me incomoda e me enraivece. Gosto de ser homem, de ser gente, porque sei que minha passagem pelo mundo não é predeterminada, preestabelecida. Que meu "destino" não é um dado mas algo que precisa ser feito e de cuja responsabilidade não posso me eximir. Gosto de ser gente porque a História em que me faço com os outros e de cuja feitura tomo parte é um tempo de possibilidades e não de determinismo. Daí que insista tanto na problematização do futuro e recuse sua inexorabilidade.

PAULO FREIRE NO LIVRO PEDAGOGIA DA AUTONOMIA, PÁGINA 52,53.

VALORIZANDO A VIDA.


Buscarei o convívio dos pequenos grupos, priorizarei fazer minhas refeições com os amigos mais queridos. Meu refúgio será ao lado de pessoas simples, pois quero aprender a valorizar os momentos despretensiosos da vida. Lerei mais poesia para entender a alma humana, mais romances para continuar sonhando e muita boa música para tornar a vida mais bonita. Desejo meditar outras vezes diante do pôr-do-sol para, em silêncio, agradecer a Deus por sua fidelidade. Quero voltar a orar no secreto do meu quarto e a ler as Escrituras como uma carta de amor de meu Pai.


REFLEXÃO ESTOU CANSADO DE AUTORIA DO PASTOR RICARDO GONDIM.