Loading...

MENSAGEM

sexta-feira, 31 de julho de 2009

pensar dentro da prática.


“Pensar politicamente é alguma coisa que não se aprende fora da prática. Se o professor pensa que sua tarefa é ensinar o ABC e ignora a pessoa de seus estudantes e as condições em que vivem, obviamente não vai aprender a pensar politicamente ou talvez vá agir politicamente em termos conservadores, prendendo a sociedade aos laços do passado, ao subterrâneo da cultura e da economia”

Florestan Fernandes

quarta-feira, 29 de julho de 2009

ESTOU CONENCTADO COM CRISTO.


Vivo unido ao retumbante fracasso de um Messias que amou os desvalidos.


Cogito ligado ao magistral escândalo de um Deus que morreu.


Sigo conectado à louca mensagem de um Andarilho que inspirou pescadores.



Ricardo Gondim.

terça-feira, 28 de julho de 2009

O QUE ESTOU APRENDENDO.


Aprendo a ser sensível. No passado, engolia o choro, disfarçava a tristeza, fugia da melancolia. Fiz as pazes com as lágrimas. Falo sozinho. Aconselho-me com os botões. Esmurro o volante do automóvel, fecho as janelas e xingo. Soluço prantos sem lágrimas. Aprecio a liberdade de vertebrar angústias. Ajoelho-me aos pés da cama e silencio o sofrimento.

Aprendo a calar. Não retruco. Desprezo o direito de ter razão. Atrai-me brincar com argumentos. Só penso em poetizar lógicas. Desejo realçar a beleza. Apaixonado pela delicadeza do violino, apiedo-me de quem imagina conhecer toda a verdade. Música suave, na penumbra de uma sexta-feira chuvosa, me encanta – mais que palestra sobre como alcançar sucesso.

RICARDO GONDIM.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

DESABAFO SOBRE OS VALORES.


Cirurgia de lipoaspiração?Pelo amor de Deus, eu não quero usar nada nem ninguém, nem falar do que não sei, nem procurar culpados, nem acusar ou apontar pessoas, mas ninguém está percebendo que toda essa busca insana pela estética ideal é muito menos lipos e muito mais piração? Uma coisa é saúde outra é obsessão. O mundo pirou, enlouqueceu. Hoje, Deus é a auto-imagem. Religião, é dieta. Fé, só na estética. Ritual é malhação. Amor é cafona, sinceridade é careta, pudor é ridículo, sentimento é bobagem. Gordura é pecado mortal. Ruga é contravenção. Roubar pode, envelhecer, não. Estria é caso de polícia. Celulite é falta de educação. Filho da p... bem-sucedido é exemplo de sucesso. A máxima moderna é uma só: pagando bem, que mal tem? A sociedade consumidora, a que tem dinheiro, a que produz, não pensa em mais nada além da imagem, imagem, imagem. Imagem, estética, medidas, beleza. Nada mais importa. Não importam os sentimentos, não importa a cultura, a sabedoria, o relacionamento, a amizade, a ajuda, nada mais importa. Não importa o outro, o coletivo. Jovens não tem mais fé, nem idealismo, nem posição política. Adultos perdem o senso em busca da juventude fabricada. Ok, eu também quero me sentir bem, quero caber nas roupas, quero ficar legal, quero caminhar, correr, viver muito, ter uma aparência legal, mas... Uma sociedade de adolescentes anoréxicas e bulímicas, de jovens lipoaspirados, turbinados, aos vinte anos não é natural. Não é, não pode ser. Que as pessoas discutam o assunto. Que alguém acorde. Que o mundo mude. Que eu me acalme. Que o amor sobreviva."Cuide bem do seu amor, seja ele quem for".


Herbert Vianna.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

O VERDADEIRO CRISTIANISMO.


Quem não consegue amar e se importar com o próximo, como pode dizer que ama a Deus?

A
essência do cristianismo é o amor. Jesus mesmo usou uma parábola para
mostrar a hipocrisia dos religiosos. Ele contou a história de um homem
que foi roubado e espancado, depois jogado à beira do caminho.

Quando
os religiosos passaram, viram aquele homem precisando de ajuda, mas
preferiram ir para a igreja, representar uma vida religiosa que não
tinham.

Até que um homem da Samaria viu aquele homem caído, quase morrendo, e o ajudou.

Isso é o cristianismo.

O
amor ao próximo, sentir a dor do irmão, seguir o conselho bíblico que
diz que nós devemos nos alegrar com aquele que está alegre, mas também
devemos chorar com aquele que está chorando.

Fora disso, o cristianismo não é real. Não passa de uma fantasia. Uma tentativa de enganar-se a si mesmo.


AUTOR:PAULO ELIENAY

domingo, 19 de julho de 2009

PRA RIR E PRA CHORAR!!!


Liguei o rádio no caminho da igreja. Caiu numa fm evangélica. O Locutor, com uma voz mais possante que a do Marajá Mardes. Bem profissional. Fazia divulgação dos eventos da igreja. Promessas de cura garantida. Objetos poderosos em liquidação, mandingas, orações de sucesso, etc, etc Tive náuses. Senti que ia vomitar. Chorei sozinho. Gritei "Eu estou fora disso tudo"! Esse não é o meu mundo. Senti vontade de dizer um palavrão, aliás, mil. Mas lembrei que minha mãe prometeu lavar minha boca com sabão se fizesse isso. Faz tempo que ela fez essa promessa nunca cumprida. Chorei de novo.
Arre égua! Vou chorar outra vez. Arre égua!

DESCONHEÇO O AUTOR.

terça-feira, 14 de julho de 2009

O TEMPO.


TUDO tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.

Salomão.

o verbo “Não-Pensar”


Portanto, meus amigos, assim se conjuga o verbo pensar:

Eu penso.
Por isso existo, falo, combato, mudo.

Você pensa.
Logo, concordamos, discordamos e nunca
mais seremos os mesmos.
Ele pensa
Por isso ele também fará diferença, onde
quer que esteja.

Nós pensamos.
Então juntos poderemos caminhar, construir.

Vós pensais,
Assim nos encontraremos um dia...

Eles pensam.
Então, que se juntem a nós. São bem-vindos.



desconheço o autor.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

oração........


* Só posso orar Pai, se demonstro esse relacionamento com Deus no meu dia a dia; * Só posso orar Nosso, se a minha fé tem espaço para os outros e para as suas necessidades. * Só posso orar Que estais nos céus, se não estou apanhado pelas coisas do mundo; * Só posso orar Santificado seja o Vosso Nome, se me esforço com a ajuda de Deus, por ser Santo; * Só posso orar Venha a nós o Vosso reino, se estou disposto a aceitar a palavra de Deus como regra de vida; * Só posso orar Seja feita a Vossa vontade, se procuro pautar a minha vida pelos seus Mandamentos; * Só posso orar Assim na terra como no céu, se quero verdadeiramente entregar-me ao serviço de Deus aqui e agora; * Só posso orar O Pão Nosso de cada dia nos dai hoje, se estou preparado para partilhar o que tenho com os que estão em necessidade; * Só posso orar Perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, se estou na disposição de eliminar todo o rancor que guardo no coração para com os outros; * Só posso orar Não nos deixeis cair em tentação, se estou alerta para não me meter em armadilhas; * Só posso orar Mas livrai-nos do mal, se estou preparado para combater o mal na minha vida e com a minha oração; * Só posso orar AMEM, se honestamente digo, «custe o que custar, esta é a minha forma de orar».

(Kevin Lanigan)

sexta-feira, 3 de julho de 2009

sobre o jovem.


Eu vejo na TV o que eles falam sobre o jovem não é sério O jovem no Brasil nunca é levado a sério Eu vejo na TV o que eles falam sobre o jovem não é sério Não é sério.

Eu Sempre quis falarNunca tive chanceTudo que eu queriaEstava fora do meu alcanceSim, jáJá faz um tempoMas eu gosto de lembrarCada um, cada umCada lugar, um lugarEu sei como é difícilEu sei como é difícil acreditarMas essa porra um dia vai mudarSe não mudar, pra onde vou...Não to cansado de tentar de novoPassa a bola, eu jogo o jogo.

O que eu consigo ver é só um terço do problemaÉ o Sistema que tem que mudarNão se pode parar de lutarSenão, não mudaA Juventude tem que estar a fimTem que se unirO abuso do trabalho infantil, a ignorânciaFaz diminuir a esperançaNa TV o que eles falam sobre o jovem não é sério, não é sérioEntão Deixa ele viver. É o que Liga.


parte da canção Não é Sério de Charlie Brown Jr.

Quando Deus é transformado em ídolo.


Deus é transformado em ídolo quando o relacionamento com Ele é fundamentado em relações de mérito e demérito, pois nesse caso o fator determinante do relacionamento é o humano, que faz por merecer ou deixa de merecer, isto é, Deus apenas reage. Deus é gratuidade. Deus é transformado em ídolo quando o relacionamento com Ele é fundamentado em relações de causa e efeito, pois isso implica confinar Deus às regras de um mecanismo que pode ser ativado ou desativado, e nesse caso se pretende manipular Deus por meio da descoberta dos botões que o fazem funcionar. Deus é incondicionado.

Pastor Ed René Kivitz.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

HONESTIDADE.


José Gomes da Costa é gari da prefeitura de São Paulo. Ganha R$ 600 por mês. Vinte e seis vezes menos que um deputado federal. Com este salário, sustenta a si e três filhos. Dia 18 de maio último, ao varrer a rua, encontrou um cheque do Banco do Brasil no valor de R$ 2.514,95. José precisaria trabalhar quatro meses, sem nenhuma despesa, para acumular esta quantia. Procurou uma agencia do banco e devolveu o cheque. Motivo: vergonha na cara.


Gari, Rodrigo Botelho encontrou, em 26 de maio de 2008, durante Campeonato Mundial de Tênis de Mesa, no Rio, mochila com R$ 3 mil em dinheiro. Viu o nome do dono nos documentos, chamou-o pelo microfone e devolveu. Rodrigo é normal, tem caráter.


Francisco Basílio Cavalcante, faxineiro do aeroporto de Brasília, pai de 5 filhos, ganha salário mínimo. No dia 10 de março de 2004, encontrou uma bolsa de couro no banheiro do aeroporto. Dentro, US$ 10 mil e um passaporte. Se fosse juntar o salário que ganha, sem gastar um só centavo, levaria 3 anos e 4 meses para obter igual soma.


Francisco declarou: “Tem que ser assim. O que não é nosso precisa ser devolvido. Um dinheiro que não é da gente não pode ser do bem. Não pode trazer felicidade”.


Clélia Machado, 29, é auxiliar de serviços gerais e faz bico como manicure. Sozinha, cria duas filhas, uma de 7 anos, outra de 9. Sua renda mensal não chega a R$ 550. Todos os dias ela faz a faxina do banheiro do posto da Polícia Rodoviária Federal em Seberi (RS), onde trabalha há três anos. A 11 de março de 2008, encontrou, junto à privada, um pé de meia enrolado em papel higiênico. Dentro, US$ 6.715.


Clélia entregou os dólares aos policiais. Entrevistada, declarou: “Bem que podia ser meu de verdade. Mas já que não me pertencia, devolvi na hora. Era o certo a fazer.”


O gari Sebastião Breta, 43, da prefeitura de Cariacica (ES), devolveu os R$ 12.366 mil que achou num malote no lixo. O nome do homem que fora roubado estava gravado numa etiqueta. Sebastião ganha salário mínimo.

Indagado se pensou em ficar com o dinheiro, disse: “Nunca. Desde a primeira vez que vi sabia que devia devolver. Quando não consigo pagar as minhas contas fico doido, pensava o tempo todo como estaria o dono do dinheiro, imaginava que ele também não podia pagar suas contas porque tinha perdido tudo. Eu e minha mulher não conseguiríamos dormir à noite. Acho esquisito pegar o que é da gente”.

Fagner Tamborim, 17 anos, entregador de jornais na cidade de Pirajuí, a 398 km de São Paulo, ganha R$ 90 por mês. Enquanto pedalava sua bicicleta, encontrou na rua um malote com R$ 6 mil. Devolveu-o ao dono. “Vi que tinha muito dinheiro e cheques. Levei pra minha mãe, que ligou para o banco.”


O melhor do Brasil é o brasileiro, não necessariamente nossos parlamentares.


FONTE:FREI BETTO

Imagem para contabilização de acessos a páginas
pixel