Loading...

MENSAGEM

sexta-feira, 6 de maio de 2011

biblioteca


A criação de bibliotecas populares me parece uma das atividades mais necessárias para o desenvolvimento da cultura brasileira. Não que essas bibliotecas venham resolver qualquer dos dolorosos problemas de nossa cultura [...] Mas a disseminação no pouco, do hábito de ler, se bem orientada, criará fatalmente uma população urbana mais esclarecida, mais capaz de vontade própria, menos indiferente à vida nacional.

Mário de Andrade.

terça-feira, 3 de maio de 2011

...minha flor...


'Disse o principezinho: - Deixa-me ficar só. E sentou-se porque tinha medo. Disse ainda: -Tu sabes...minha flor...eu sou responsável por ela! Ela é tão fragil! Tão ingênua! E tem apenas quatro pequenos espinhos para se defender do mundo...'

Dançaram de novo.


" Dançaram de novo. (…) Ela deixou que a mão dele descesse
até abaixo da cintura dela. E numa batida mais forte da percussão,
num rodopio, girando juntos, ela pediu:
- Deixa eu cuidar de você.
Ele disse:
- Deixo. "


Desconheço o autor.

domingo, 1 de maio de 2011

Fases que vão e que vêm.


Lua Adversa

Tenho fases, como a lua,
Fases de andar escondida,
fases de vir para a rua...
Perdição da minha vida!
Perdição da vida minha!
Tenho fases de ser tua,
tenho outras de ser sozinha.

Fases que vão e que vêm,
no secreto calendário
que um astrólogo arbitrário
inventou para meu uso.

E roda a melancolia
seu interminável fuso!

Não me encontro com ninguém
(tenho fases, como a lua...).
No dia de alguém ser meu
não é dia de eu ser sua...
E, quando chega esse dia,
o outro desapareceu...

Cecília Meireles.